Publicidade

Vislumbre do amanhã

A maior feira de tecnologia do mundo e sua capacidade de nos impressionar


11 de janeiro de 2019 - 6h01

Cerca de 4,5 mil marcas reunidas em um centro de convenções com 2,7 milhões de metros quadrados. A estrutura gigante, criada para abrigar 182 mil profissionais de TI de todo o mundo, está localizada em Las Vegas, uma das mais famosas cidades do mundo. Esse é o tamanho da CES, que há 50 anos apresenta ao público as últimas inovações disponíveis no mercado de tecnologia, além daquelas que nos aguardam num futuro próximo.

A feira é considerada o ponto focal para todos que atuam de forma direta ou indireta no setor. Por ser a primeira do ano, ela dá o tom das novidades do que será visto em outros eventos similares no decorrer do ano. No entanto, seu formato mudou muito desde sua concepção, muito por causa do público que a frequenta. O alto número de pessoas, muitas das quais investidores em potencial e imprensa especializada, pede novas estratégias para chamar a atenção e engajar todos que circulam por lá durante os quatro dias de exibição.

Desde que a tecnologia deixou de ser algo geek para se tornar algo comum no nosso dia a dia, mostrar o impacto de cada produto nas nossas vidas transformou-se no principal propósito das marcas. Os leitores, ouvintes e espectadores querem, afinal, saber como todas as novidades serão aplicadas no seu cotidiano. E na CES 2019, é possível testar protótipos de carros autônomos, ver demonstrações de como poderão ser cirurgias remotas em alguns anos e até ter um vislumbre de como serão os novos lares conectados.

Os estandes mais movimentados não são apenas os das grandes marcas, mas também aqueles que oferecem grandes experiências. É empolgante ver a cozinha do futuro, mas isso não é o suficiente. As marcas trazem chefs de renome para cozinhar ao vivo durante o evento e mostrar como será a nova maneira de nós, usuários, fazermos isso.

Na edição do ano passado, os diversos protótipos de carros autônomos e conectados roubaram a atenção, e transformaram a CES em quase um novo salão do automóvel. Porém, neste ano, além de ver incríveis protótipos, o visitante pode participar de algumas degustações. No estande da Intel, por exemplo, é possível conferir uma demonstração de como será o entretenimento em alguns anos com o avanço dos carros autônomos. O visitante senta no banco do carro e assiste parte de um filme, enquanto o carro simula uma volta pela cidade. Com isso, é possível viajar um pouco e imaginar como será o mundo nos próximos anos.

O grande destaque da CES 2019 é mostrar como tudo estará conectado. Tecnologias como 5G, realidade virtual, realidade aumentada e a internet das coisas roubaram mais uma vez o show. Desde eletrodomésticos inteligentes, novas maneiras de entretenimento, e formas mais seguras – e cômodas – tanto na hora de dirigir seu carro, quanto na hora de relaxar em casa. Novas indústrias estão surgindo para os próximos anos, e isso é emocionante.

Ainda não sabemos se o futuro será exatamente como imaginamos – ainda não temos os carros voadores dos Jetsons –, mas, com certeza, os quatro dias em Las Vegas nos transportam para mais perto dele. E a CES estará lá no ano que vem para trazer tecnologias que vão mudar a forma como vivemos.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio